terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Como foi que eu vivi tanto tempo sem conhecer isso?

A Last FM não é lá um site muito funcional, mas devo a ela algo que jamais poderei retribuir. Foi por sugestão daquele banco de dados lindo que eu conheci os Barenaked Ladies, 3 anos atrás. De acordo com o site, se eu gostava de Toad The Wet Sprocket - outra banda tão incrível quanto subestimada - eu gostaria de BNL. Ouvi 1 minuto da música Jane e achei bonitinha. Google pra lá, 4shared pra cá, e encontrei o Greatest Hits da banda. Minha playlist nunca mais foi a mesma.

O impacto foi tanto, que depois de ouvir aquelas 18 músicas eu tinha certeza de que esta seria uma das bandas do coração, daquelas que eu gosto de escutar quando não tem ninguém em casa, cantando e dançando. E olha que nem é fácil cantar junto com eles, pois as letras são enormes, complexas e muitas vezes bem rápidas, quase um trava-línguas.

Do jeito que eu falei pode até parecer que estou descrevendo uma banda nórdica de speed metal. Mas não. Eles fazem algo quase impossível de rotular, que passeia por rock, folk, country e termina num pop de altíssima qualidade, com arranjos apurados e melodias incríveis. As vozes são talvez o mais marcante instrumento musical da banda. Aprenderam diretinho com os Beatles, não é mesmo, Sir Paul?

E não para por aí. Eles também são divertidos, a ponto de fazer o público rir a cada intervalo nos shows. Isso porque eles são nerds assumidos - fama essa que aumentou muito depois deles terem composto o tema de The Big Bang Theory. No entanto, é só prestar atenção pra ver que as letras deles sempre foram além. Imagine uma música que fale sobre uma briga de casal e cite Arquivo X? Eles escreveram. Declaração de amor que ao mesmo tempo defende Yoko Ono na separação dos Beatles? Fizeram também. Disco de canções infantis? Opa! (Se bem que isso a Adriana Calcanhoto também fez, mas né, o disco do BNL não é enjoativo).

A única coisa chata nisso tudo é que no Brasil eles são meros desconhecidos. Logo, se um dia eu quiser vê-los, é bom ir fazendo uma poupança e planejar uma viagem para o Canadá (terra natal de todos eles), ou mesmo pros EUA. Quem sabe, né?

Fiquei um tempão pensando em qual vídeo deles postar pra ilustrar esse post, e foi bem difícil escolher. O eleito foi um dos mais recentes, com a nova formação da banda (já sem um dos vocalistas e fundadores da banda, Steven Page, que saiu no início de 2009). Todos os fãs ficaram receosos sobre o futuro deles, e esse single veio para nos tranqulizar: mesmo desfalcados, os Barenaked Ladies continuam uma banda incrível!

Nenhum comentário: